Notícias

Parceiros da Química: CFQ homenageará parlamentares com atuação de destaque junto ao setor

Em celebração do lançamento da primeira edição da Agenda Legislativa do Sistema CFQ/CRQs, o Conselho Federal de Química (CFQ) está criando uma honraria a ser entregue a autoridades cujo trabalho possui afinidade com o cotidiano da Química, dos profissionais e das empresas do setor: é o “Parceiro da Química”. Na primeira edição, de 2022, os agraciados serão exclusivamente  parlamentares do Congresso Nacional. Assim, a honraria será neste ano o “Parlamentar Parceiro da Química 2022”.

A proposta, de acordo com o assessor de Relações Institucionais e Governamentais do CFQ, Antonio Lannes, é que a placa comemorativa seja concedida anualmente a autoridades dos Três Poderes. Em 2022, por ocasião do lançamento da Agenda Legislativa e por conta do trabalho proativo voltado ao parlamento, a distinção será voltada a senadores e deputados federais.

“O CFQ entendeu que era o momento de oferecer reconhecimento aos parlamentares cujo trabalho faz diferença na área da Química, seja por sua trajetória política, seja pela atuação em comissões e Frentes Parlamentares ou seja pela própria afinidade conosco. Destacarmos esses trabalhos é uma maneira de incentivar o parlamento a, cada vez mais, olhar com atenção para um setor fundamental para o desenvolvimento do país”, afirma Lannes.

Reconhecimento por meio da distinção será pluripartidário

O número de parlamentares que receberão a homenagem ainda não está definido, mas o objetivo é que a lista seja representativa e pluripartidária. Desde o início da atual gestão, o CFQ tem instrumentalizado seu setor de Relações Institucionais e Governamentais. Desde meados de 2019, o conselho mantém o Comitê de Relações Institucionais e Governamentais (CRIG), que tem como coordenador o presidente do Conselho Regional de Química da 3ª Região (CRQ III – Rio de Janeiro), Rafael Almada. O CRIG teve atuação destacada junto ao Congresso em vários temas importantes para os conselhos e para os profissionais da Química desde então, passando ainda pelo suporte às decisões das autoridades de todo o país durante a pandemia – em questões como a produção de álcool em gel para doação em universidades e a inviabilidade da utilização de cabines de aspersão de saneantes diretamente sobre a pele para coibir a propagação da Covid-19.

“É importante homenagear nossos parceiros, até para que mais pessoas conheçam o trabalho desses senadores e deputados. A atividade parlamentar é fundamental para a construção das mudanças e desde o princípio se sabia que era primordial que a Química tivesse voz junto ao Congresso”, relembra Almada.

Para presidente do CFQ, intuito é contribuir com o Congresso

O presidente do CFQ, José de Ribamar Oliveira Filho, acredita que a Agenda Legislativa é um marco de sua gestão. Ele afirma que a premiação Parlamentar Parceiro da Química foi criada para fortalecer os laços entre o Sistema CFQ/CRQs e o Legislativo Brasileiro.

“De nada adiantaria termos a Agenda Legislativa se ela não viesse em consonância com o pensamento do Congresso. Nosso intuito é o de contribuir e, nesse sentido, é importante dizermos a esses parlamentares agraciados que identificamos posicionamentos de destaque na defesa da Química e estamos à disposição para oferecer nosso suporte a seus mandatos”, conclui o presidente.

O Sistema CFQ/CRQs congrega 216.139 profissionais da Química, além de 47.605 empresas registradas. Por meio de suas atividades, protege um universo de  consumidores equivalente à população brasileira, de 214 milhões de pessoas. Como negócio, a indústria química nacional envolve uma cadeia produtiva que tem faturamento anual na casa dos US$ 72 bilhões.