Notícias

Olimpíada Ibero-americana de Química acontece em outubro

Entre os dias 02 e 05 de outubro, será realizada a Olimpíada Ibero-americana de Química (OIAQ). Pelo menos quinze países irão participar da competição, que tem estudantes menores de 19 anos de idade, escolhidos em processo seletivo de abrangência nacional. Este ano, devido a pandemia da Covid-19, o evento será em ambiente on-line.

A competição terá duas provas: uma de caráter experimental, por vídeo, no dia 02 de outubro, e uma prova teórica no dia 05 de outubro.

Conforme o coordenador do Programa Nacional Olimpíadas de Química, professor Sérgio Melo, a Olimpíada Ibero-americana de Química auxilia no intercâmbio de experiências. “O projeto visa promover o estudo da Química e contribui para estreitar os laços de amizade entre os países participantes, além de criar um espaço propício para fomentar a cooperação do estudo da Química”, explica.

A Olimpíada Ibero-americana de Química é realizada anualmente por um país diferente. O país organizador deverá convidar todos os países ibero-americanos que tenham participado na OIAQ anterior e, de acordo com as suas possibilidades, poderão convidar países para assistirem como observadores oficiais. 

 História – Teve início em Mendoza, na Argentina, em 1995, prosseguindo na cidade do México (1996), Rio de Janeiro (1997), Bogotá (1998), Santiago de Compostela (1999), Caracas (2000), Mar del Plata (2002), Cuernavaca (2003), Castellon (2004), Lima (2005), Aveiro (2006), Rio de Janeiro (2007), Heredia (2008), Havana (2009), México (2010), Brasil (2012), Argentina (2012), Bolívia (2013), Uruguai (2014), Teresina (2015). Bogotá (2016), Lima (2017),  El Salvador (2018), Portugal (2019) e Brasil (2021).

Cada país participa com uma equipe de até 4 (quatro) estudantes, não universitários. Este ano, o país organizador é o Brasil. Atualmente, participam deste evento os países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Costa Rica, Cuba, Colômbia, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Peru, Panamá, Paraguai, Portugal, Venezuela e Uruguai.