Plano Plurianual do CFQ projeta sinergia, inovação e compartilhamento de serviços
 

Em Plenária Solene realizada na última terça-feira (6/11), em São Luis (MA), conselheiros e diretoria do Conselho Federal de Química (CFQ) conheceram e debateram o Plano Plurianual Plano Plurianual. O documento compreende projetos, metas e propostas organizacionais envolvendo o CFQ e 21 Conselhos Regionais de Química (CRQs).

A Plenária Solene, realizada na sede do Conselho Regional de Química da 11ª Região, foi conduzida pelo presidente do CFQ, José de Ribamar Oliveira Filho, e contou ainda com as presenças dos presidentes de conselhos regionais de Pernambuco (1ª Região), Piauí (18ª), Paraíba (19ª), Bahia (7ª), Maranhão (11ª), Goiás, Tocantins e Distrito Federal (12ª), Rio de Janeiro (3ª), Espírito Santo (21ª). Também participaram os vice-presidentes dos CRQs de Santa Catarina (13ª Região), Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima (14ª), além de técnicos do CFQ.

"O Plano Plurianual foi bem recebido pela Plenária. Ao mesmo tempo em que traça ações práticas no curto prazo, o PPA estabelece horizontes para o sistema em um triênio, sem perder de vista a missão do CFQ, de promover a atividade plena da Química, com vistas a contribuir para o desenvolvimento sustentável do país", afirma Oliveira Filho. Segundo ele, a transparência e a incessante busca pela integração de todos os entes do sistema, em um ambiente de inovação, boas práticas de gestão e troca de experiências serão a marca da relação entre o Conselho Federal e seus 21 regionais nos próximos anos.

Para o triênio a se iniciar em 2019, ficam estabelecidos os compromissos com a modernização da Infraestrutura do Sistema, desenvolvimento de uma comunicação e relacionamento eficazes, emprego da Tecnologia da Informação, busca e promoção de um ambiente de Inovação, medidas eficientes de Governança e Gestão, bem como a gestão estratégica de pessoas.

Confira, resumidamente, os principais eixos do Plano Plurianual e o que compreendem:

Modernização da Infraestrutura do Sistema – Qualificar a estrutura física do Sistema, investindo na aquisição de equipamentos e veículos, bem como na melhoria das estruturas de Tecnologia da Informação.

Comunicação e Relacionamento – Criar uma estrutura de comunicação social técnica e profissionalizada, assertiva, com foco e competências superiores nas plataformas digitais. Estabelecer um fluxo de informação capaz de satisfazer as necessidades internas do Sistema e ao mesmo tempo de toda a sociedade brasileira.

Tecnologia da Informação – Emprego qualificado das ferramentas de informação, integrando os sistemas, digitalizando processos e introduzindo recursos de inteligência artificial.

Inovação – Produzir, incentivar e induzir uma cultura inovadora no Sistema. Estabelecer com clareza o nível de prioridade que as iniciativas com potencial transformador terão no próximo período.

Governança e Gestão – Enquadrar o Sistema às mais modernas práticas de gestão, com os parâmetros de governança mais aplicados e universalmente aceitos nas instituições de destaque mundo afora, com transparência, comprometimento e a definição clara de competências e responsabilidades.

Gestão estratégica de pessoas – Estabelecer as pessoas que constroem o Sistema em seu dia-a-dia como a grande fortaleza que dá suporte às atividades do CFQ. Incentivar e ser partícipe da capacitação dos quadros, atuar no sentido de gerar um clima organizacional agradável e produtivo, além de estabelecer ferramentas adequadas de feedback, são medidas projetadas neste eixo.

Serviços compartilhados

O espírito do Plano Plurianual é o de buscar a padronização de práticas e estruturas em todo o Sistema, gerando excelência e economia de escala. Neste sentido, uma das propostas do CFQ é a de criação de um pool de serviços compartilhados.

"Além da considerável economia, o pool de serviços compartilhados permitirá a cada ente direcionar energia às atividades-fim, sem contar a melhor qualidade dos serviços prestados e o incentivo ao intercâmbio permanente das práticas internas do Sistema, gerando um suporte sólido para o crescimento sustentável do CFQ, dos CRQs e, em última análise, da Química no Brasil como um todo", explica o gerente-geral do CFQ, Renato Melo.

Melo saliente, entretanto, que a proposta do pool ainda é embrionária e deverá ser amplamente discutida e amadurecida pelos entes do sistema CFQ/CRQs.

 

Setor de Autarquia Sul - SAUS - Quadra 05 - Bloco I - CEP: 70070-050 - Brasília - DF
Tels: (0xx61) 3224-0202 / 3224-5316 / 3224-0493 - FAX: (0xx61) 3224-3277