Notícias

Técnica em Química da Bahia premiada na Russia relembra trajetória vitoriosa

A técnica em Química Daniela Carneiro saiu da pequena Conceição do Coité, no interior da Bahia, e foi para a Rússia colocar a Química do Brasil no pódio da World Skills 2019. Ela conquistou a medalha de bronze na categoria Tecnologia de Laboratório Químico, disputada com mais 8 candidatos da Áustria, Colômbia, China, Finlândia, Cazaquistão, Rússia, Singapura e Reino Unido.

“A sensação de dever cumprido é recompensadora, sinto que eu fiz meu papel de representar o meu país muito bem”, contou ela pouco depois da premiação. A técnica passou sete meses dedicando-se exclusivamente ao treinamento para a competição.

Segundo Daniela, as provas surpresa envolveram temas diversos e exigiram conhecimento e técnica. “Fiz quatro dias de prova. Recebíamos o conteúdo pela manhã e tínhamos um tempo, eu e meu professor, para avaliar a questão. Foram testados conhecimentos sobre análise instrumental e análise clássica, cromatografia líquida e gasosa, titulação e síntese”, lembrou.

O contato com outras culturas foi uma experiência enriquecedora para Daniela. “Pude trocar dicas com pessoas que também estudam Química, mas em uma realidade muito diferente da minha, valeu cada minuto”, enfatizou.

O Conselho Federal de Química acompanhou pelas redes o World Skills 2019, em Kazan, e vibrou com a vitória de Daniela, que recebeu apoio do Conselho Regional de Química da 7ª Região (CRQ VII), que atua na Bahia. Antes de ir para a Rússia, o CRQ VII prestou uma homenagem à estudante.

“Estamos orgulhosos e contentes por ver a Química e, em especial, os jovens estudantes brasileiros ganhando reconhecimento pela sua qualidade mundo afora”, declarou o presidente do CFQ, José de Ribamar Oliveira Filho.

 

Leia outras notícias sobre a campeã brasileira:

Deu Brasil no pódio da 45ª WorldSkills na Rússia

Técnica em Química representará o Brasil na maior competição de educação do mundo