Notícias

Semana do Aprendizado: versão online em 2020 dá continuidade a histórico de sucesso do evento

A Semana do Aprendizado 2020 envolveu o Sistema CFQ/CRQs em uma série de 22 atividades, entre solenidades, palestras e painéis sobre diversos temas, ao longo de cinco dias. A Semana do Aprendizado é um conjunto de ações intensivas de qualificação de pessoal e atualização para o Conselho Federal de Química (CFQ) e os Conselhos Regionais de Química instituído na atual gestão. As atividades de qualificação tiveram início em 2018 e ocorrem anualmente desde então. Em 2020, por conta da pandemia de Covid-19, pela primeira vez os encontros ocorreram exclusivamente por plataforma online.

A Semana do Aprendizado envolveu vários eventos internos, como a “Pílula Serviços Digitais”, em que foram apresentadas soluções e inovações na área de Tecnologia da Informação; “Encontro de Contadores e Gestores Financeiros”, de atualização dos profissionais e gestores da área; “Encontro de Comunicação”, com a apresentação e treinamento relativo a redes sociais; “Encontro de TI”, onde se tratou das plataformas de Back Office, das soluções de apoio à atividade finalística e do Pool de Serviços Compartilhados – além de outras temáticas, como a ampliação da transparência e os desafios impostos pela nova realidade trazida pelo teletrabalho e no que isso impacta na produtividade.

Para Cristiano Xavier Lucas Ferreira, gestor de Tecnologia da Informação (TI) do CFQ, a Semana do Aprendizado 2020 foi direcionada à apresentação de oportunidades para que a tecnologia qualifique os serviços prestados pelo Sistema CFQ/CRQs a seus públicos – especialmente a sociedade e os profissionais da Química.

“Entendo que a Semana do Aprendizado, para a TI, ela permitiu a nós discutirmos evoluções em sistemas e em produtos de forma que a gente pudesse aumentar a oferta de soluções. Tivemos as pílulas de conhecimento com foco na plataforma finalística e ainda discutimos bastante sobre o Pool de Serviços Compartilhados e a plataforma de Back-Office. Tudo isso culminou na priorização de projetos para o Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação do CFQ, no ano que vem”, afirmou Ferreira.

Gestão de pessoas: Semana online foi por si só treinamento

Bruno Goytisolo, gerente de Gestão Estratégica de Pessoas do CFQ, encarou a Semana do Aprendizado deste ano, na versão online, como ela própria uma oportunidade de qualificação e aprendizado para o conjunto de pessoas que atua no Sistema CFQ/CRQs.

“Além do desafio de selecionar temas relevantes para o Sistema CFQ/CRQs, a Semana do Aprendizado 2020 teve desafios adicionais, como ministrar o conteúdo de forma remota e garantir o engajamento e a participação dos envolvidos nesse contexto. O resultado das avaliações mostrou que os desafios foram superados, evidenciando grande participação e excelentes notas aos palestrantes e ao conteúdo apresentado. Parabéns a todos!”, destacou.

Uma oportunidade de aliar os casos práticos à reflexão das pessoas que fazem o  Sistema CFQ/CRQs. Esse foi o espírito da Semana do Aprendizado no entendimento do ouvidor-geral Weverton Borges.

“A ideia foi instigar os participantes sobre os casos práticos relacionados à transparência. Embora desafiadora a tarefa, os frutos em breve serão colhidos. Isso se dará muito por causa da Semana do Aprendizado, que permitiu a abordagem de temas divergentes de forma suave graças a sua proposta: aprendizagem e crescimento. O sentimento agora é de compartilhamento de ideias, com uma maior interação dos CRQs”, concluiu.

Uma das áreas a despertar maior curiosidade, a comunicação social levou ao público interno do Sistema CFQ/CRQs um cardápio completo de oportunidades de diálogo com os públicos de interesse por meio das redes sociais. Segundo a chefe da Assessoria de Comunicação do CFQ, Jordana Saldanha, a Semana do Aprendizado serviu tanto para inteirar o Sistema da revolução em comunicação que está em curso quanto para incentivar os regionais a se engajarem ao desafio de qualificar sua comunicação.

“Com todos os desafios trazidos pela pandemia, apesar de sermos uma autarquia, temos muito em comum com vários outros nichos de mercado quando o assunto é comunicação. Tivemos de passar por uma transformação cultural, nos aproximar dos conselhos regionais e alinhar o discurso. Do dia para a noite, fomos instados a nos conectar e apoiar os profissionais e a sociedade de uma maneira nunca feita na história do Sistema. O Encontro de Comunicação da Semana do Aprendizado foi um momento importante para esse estreitamento. Ouvir quem está na ponta e entender qual é a mensagem que precisamos passar. A transformação digital não é mais uma escolha”, destacou Jordana.

O gerente-executivo do CFQ, Renato Melo, ele mesmo um dos palestrantes da Semana do Aprendizado (responsável por dividir com Goytisolo a apresentação sobre teletrabalho e produtividade), disse ter ficado orgulhoso do resultado do evento.

“A Semana do Aprendizado foi desenvolvida tendo em vista uma carência nossa para o desenvolvimento do capital humano. Ela sempre tem o objetivo de fortalecer o alinhamento institucional, levar todos a pensarem na mesma direção. Este ano, especialmente, nós adaptamos a Semana até com a consciência de que investir nas pessoas e alinhar todo mundo, ainda é insuficiente. A gente precisa fazer mais, envolver e investir em tecnologia. Pra isso, a gente colocou várias análises, pílulas, tecnologias que envolvem diretamente a parte finalística dos Conselhos. Isso nos dá condição de desenvolver a fiscalização, a orientação do exercício profissional e o julgamento do registro. Fomos muito bem, foi um sucesso muito grande e tivemos uma reação muito positiva. Que venham os próximos desafios”, afirmou.

Para presidente do CFQ, pandemia acelera processo de digitalização

Para o presidente do CFQ, José de Ribamar Oliveira Filho, a atual gestão do conselho federal se propôs a fazer uma revolução digital internamente – um processo de evolução que foi devidamente acelerado pela pandemia.

“Minha avaliação da Semana do Aprendizado é ótima. Pra mim está acima da expectativa. Vi muita motivação e isso é extremamente positivo. Muita motivação dos colegas presidentes, conselheiros, funcionários e dos gestores. A gente tem que avançar, e a pandemia acelerou isso. A gente teve que caminhar da forma mais rápida possível para a parte virtual, senão iria parar tudo. Mas a cada encontro virtual a gente percebe que está avançado. Os temas foram planejados com grande antecedência, devidamente discutido coletivamente. Fazemos uma gestão compartilhada com a diretoria: eu mesmo criei um certo rito, ouvindo a diretoria e também o plenário. Foi o caso com a Semana”, concluiu o presidente do CFQ.

Veja alguns números da Semana do Aprendizado:

  • 205 inscritos
  • 20 treinamentos
  • Média geral de notas de avaliação dos participantes: 9,5
  • 1500 participações em 5 dias de treinamento
  • 72,18% de avaliações dos treinamentos com nota 10
  • 76,18% de avaliações dos instrutores com nota 10