Notícias

Químicos contam experiência profissional na área de elastômeros

O Conselho Regional de Química da 4ª Região (CRQ IV) realizou, na noite da última quinta-feira (26), mais uma edição do Projeto Inspiração, uma série de lives direcionada a despertar o interesse dos estudantes da área Química para os diversos segmentos de atuação. Desta vez, foram convidados para participar do bate-papo três profissionais com experiência na área de elastômeros.

Um elastômero é um polímero que apresenta propriedades “elásticas”, obtidas depois da reticulação. Ele suporta grandes deformações antes da ruptura. O termo borracha é um sinônimo usual de elastômero. Os materiais elastoméricos, tais como os pneumáticos, são normalmente à base de borracha natural e de borracha sintética.

As lives do Projeto Inspiração estão sendo realizadas todas as últimas terças-feiras de cada mês. A missão dos palestrantes é inspirar os jovens, contando a sua trajetória profissional, os cursos complementares, expectativas de crescimento, diferencial que o profissional precisa possuir, setores de atuação industrial, enfim, com o objetivo de transmitir o “brilho nos olhos” que possui em trabalhar na área.

Na última edição, os convidados foram Reginaldo Barbosa, Júlio César Pestana e Emerson Souza Merighi. Os três são técnicos em Química formados pela Escola Técnica Oswaldo Cruz, sendo que Júlio César também é engenheiro químico pela Faculdade Oswaldo Cruz. A trajetória dos três profissionais teve inúmeros encontros.

O primeiro a contar sua trajetória profissional foi Reginaldo Barbosa. Ele é instrutor na Rubberline e responsável técnico na Caucho Borrachas. Tem experiência em elastômeros voltados ao processo de fabricação de polímeros, aditivos especiais, desenvolvimento de formulações, processos de mistura e fabricação de peças.

Com mais de 36 anos na área de elastômeros, a história de Reginaldo começa com o pai, também químico,  com atuação no mercado de borracha. Foi lá que o profissional adquiriu conhecimentos, conheceu profissionais da área e teve seu primeiro mentor.  “Quando criança dizia que queria ser igual ao meu pai quando crescesse e hoje estou aqui”, disse.

Aos 14 anos ele se tornou auxiliar de laboratório do pai em uma empresa de fabricação de autopeças. Em 1988, ele começou o curso de técnico em Química Industrial, onde conheceu Emerson Souza Merighi, que, na época, não havia decidido qual área seguir dentro da Química. Depois de trabalhar em diferentes empresas, Reginaldo precisou de um estagiário e Júlio César foi indicado pela Escola Técnica Oswaldo Cruz. Ele trabalhou 8 meses na empresa e lá teve o primeiro contato com a borracha.  Ao mudar de emprego indicou Emerson para substituí-lo.

Em sua carreira, Júlio César atuou em empresas como o Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT) e outras empresas de transformação de resina polimérica. Com ampla experiência profissional em ensaios laboratoriais em borrachas e plásticos, formulações, processos industriais e garantia da qualidade.

Na live, ele falou que, para aprender, é preciso ter dedicação, saber perguntar e ter humildade. “A gente nunca sabe tudo. Então pergunte se você tiver qualquer dúvida e seja humilde para poder aprender”, afirmou.

Emerson Souza Merighi é consultor no IPT, instrutor na Rubberline e responsável técnico na Retainers. Tem experiência em análise de matéria prima, controle de qualidade de produto acabado, desenvolvimento de método analítico, análises químicas e físicas em borracha, processo de confecção de compostos de borracha, processo de vulcanização, calandragem, extrusão, prensagem, transferência e injeção, produção de peças técnicas, desenvolvimento de materiais (formulação de borracha), venda técnica e auditoria interna.

Ele fez o curso técnico de Química enquanto era bancário, motivado por ter tido um professor de Química ruim na escola. O pai dele era químico também, mas na área de plástico. Segundo ele, o mercado de elastômeros tem carência de profissionais e acaba atraindo técnicos que não são químicos.

A live foi realizada pela Comissão Técnica de Elastômeros e Polímeros e foi mediada por Aslan Balza, um dos coordenadores das comissões técnicas do CRQ IV. Ele anunciou que o CRQ IV vai promover um curso sobre elastômeros entre os dias 15 a 19 de agosto. “Para quem tem interesse em saber um pouco mais sobre o assunto, as inscrições estarão abertas em breve no site do CRQ, na área de eventos”, explicou.

A íntegra da live pode ser vista aqui.