Notícias

Química Solidária: No Rio Grande do Sul, ações por todo o Estado garantem doações de álcool gel

A corrente solidária de união entre profissionais da Química, instituições de ensino, empresas e sociedade em prol da produção de álcool gel para distribuição gratuita a quem mais precisa avança pelo país. Sendo de conhecimento geral que o emprego do álcool gel na higienização das mãos e de objetos de uso cotidiano para frear a propagação da Covid-19, o produto escasseou nas prateleiras ou deixou de ser acessível a muitas pessoas.

O Conselho Regional de Química da 5ª Região (CRQ V), cuja sede fica em Porto Alegre (RS) informa algumas iniciativas realizadas em solo gaúcho.

Uma, de destaque, está localizada na metade Sul do Estado: Pelotas, polo universitário sul-rio-grandense, estabeleceu uma grande parceria envolvendo o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul), a Universidade Católica de Pelotas (UCPel), a Universidade Federal de Pelotas (UFPel), a Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul e uma empresa de bebidas refrigerantes, a Biri.

De acordo com informações do CRQ V, com essa parceria será possível envasar álcool líquido e produzir álcool gel para abastecer hospitais e unidades do Sistema Único de Saúde de Pelotas e região.

A própria Secretaria de Saúde gaúcha disponibilizou uma carga de 30 mil litros de insumo para colaborar. A remessa será estocada na fábrica de refrigerantes. Parte será envasada em garrafas de 2 litros de álcool líquido e o restante será utilizado para produzir álcool gel nos laboratórios das três instituições de ensino.

Cervejaria deixa bebida de lado e se dedica ao álcool gel

Na Serra gaúcha, a cervejaria artesanal Rasen Bier, de Gramado, suspendeu a produção de cervejas temporariamente para se dedicar à produção de álcool gel. O CRQ V afirma que desde o dia 30 de março a cervejaria vem doando a maior parte do produzido para hospitais, profissionais da saúde, asilos e equipes de segurança, como bombeiros e policiais militares da Serra, região mais turística do Estado e bastante impactada pelos prejuízos econômicos acarretados pelo vírus.

Há iniciativas semelhantes na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), que produz domissaneantes, e a Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) que produz e distribui álcool gel na grande Porto Alegre.

O presidente do CRQ V, Paulo Roberto Bello Fallavena, observa que a campanha e as iniciativas relativas à produção de álcool gel para suprir a necessidade da população vão além do Sistema CFQ/CRQs, sendo antes uma confluência de interesses de alta relevância social.

“O Conselho Regional de Química da Quinta Região enaltece a participação das universidades e empresas da área da química que prontamente atenderam ao chamamento da sociedade para fazer frente a mais este inimigo da saúde dos brasileiros”, destaca o presidente.

A campanha Química Solidária

A ações desenvolvidas no Rio Grande do Sul estão em consonância com a campanha Química Solidária, do Sistema CFQ/CRQs. O objetivo é articular e divulgar em todo país iniciativas para a produção do álcool líquido e álcool gel com o apoio de instituições de ensino, empresas, associações e profissionais da área da Química.

Importante destacar ainda que as atividades de produção obedecem os ditames da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) externados pela RDC 350/2020 e pela nota técnica que a seguiu, detalhando a autorização excepcional e temporária concedida no combate ao Covid-19.

Vale destacar que as atividades da Química Solidária estão sendo desenvolvida com o mínimo possível de profissionais, uma vez que a orientação do Ministério da Saúde – e outras autoridades – é para que as pessoas fiquem em casa para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Também fazem parte da campanha ações para orientar a população e combater notícias falsas.