Notícias

Estande CFQ/CRQ encerra feira Ecomondo com alto número de visitantes

No último dia da feira Ecomondo, realizada em São Paulo, o estande do Conselho Federal de Química (CRQ), em parceria com o CRQ IV, teve grande procura tanto por jovens profissionais quanto por especialistas com vários anos de atuação no mercado de trabalho.

Um exemplo desse segundo grupo foi o casal de engenheiros elétricos Marta Rocha e Olívio Kazakalauskas, formados há 31 anos.

“Tenho muito respeito pela engenharia química, afinal tudo passa pelo setor. Sou da época em que todas as engenharias dialogavam e acho ótimo que a química abra esse debate”, disse Marta.

Já os jovens engenheiros químicos Mariana Broso Fieri e Henrique Secco, formados em 2014 e 2011, respectivamente, buscaram informações no estande do CRQ IV sobre o tema ”Resíduos de Laboratório”. Secco afirmou que, ao participar da roda de conversa do estande, ampliou o seu conhecimento sobre a forma de atuação do setor, inclusive os treinamentos.

“Os dois setores, ambiental e químico, devem andar juntos”, acrescenta Mariana.

As informações aos visitantes couberam à integrante da Comissão do Meio Ambiente do CRQ IV, Dilceli Soares Moura.

“Tratei do tema da geração de resíduos até o seu destino”, explicou.

Ela acrescentou que o conselho elabora cartilhas e promove eventos com profissionais renomados para divulgar as melhores práticas do setor. Além disso, a entidade está sempre disponível para dar suporte aos profissionais que precisam tirar dúvidas sobre as várias formas de procedimentos.

Também integrante da Comissão do Meio Ambiente do CRQ IV, Ricardo Crepaldi falou sobre o tema “Sustentabilidade”. Ele ressaltou que o evento ajudou a divulgar a existência de processos químicos que utilizam novas formas de produção mais limpas, além de usar elementos menos agressivos.

“As leis de crimes ambientais se tornaram mais rígidas e as próprias empresas se preocuparam em melhorar a sua imagem. Hoje há muita profissionalização no setor”, disse.

Fiscal do CRQ IV, Lígia Maria Sendas Rocha estava no estande e elogiou a participação da entidade.

“Atualmente não dá para separar a química da sustentabilidade”, destacou.

Everson Evaita, também fiscal, achou a participação positiva para os profissionais de química  e outras áreas.

A coordenadora de Comissões do CRQ-IV, Andréa Batista Mariano, disse que participação do conselho atendeu plenamente as expectativas mais positivas, contribuindo, inclusive, para desmistificar junto ao grande público algumas questões relacionadas ao setor químico.

“Não é só fazer de forma eficiente, é preciso tratar da melhor forma possível o subproduto”, opinou.

Roda de Debates

Durante os três dias do evento, profissionais do CRQ IV ficaram à disposição dos visitantes em um estande para tirar dúvidas e tratar de temas específicos e de destaque na Química.

Os assuntos tratados foram “Legislação Ambiental”, “Gerenciamento de Resíduos”, “Gestão e Licenciamento Ambiental”, “Remediação do Solo”, “Sustentabilidade”, “Resíduos de Laboratório” e “Tratamento e Reuso da Água”.