Notícias

Encontro discute a fiscalização na era digital: Sistema CFQ/CRQ aponta para o futuro

Profissionais debateram os benefícios do uso de software eletrônico na atividade fiscalizatória

Um dos temas abordados durante o I Encontro de Fiscais do Sistema CFQ/CRQ foi a digitalização dos processos e procedimentos inerentes à atividade. O conselheiro federal Wagner Contrera Lopes apresentou o sistema utilizado na sua região e que facilita o trabalho dos fiscais do Conselho Regional de Química (CRQ IV), responsável pelo atendimento no Estado de São Paulo. Os demais conselhos ainda utilizam o relatório de papel.

O sistema informatizado de geração de relatórios foi apresentado como um grande avanço para a atividade dos conselhos. O volume de papel gerado pelos fiscais é significativa e exige espaço de armazenamento. “Os processos eletrônicos são uma tendência natural das instituições e o Sistema só tem a ganhar com esse processo eletrônico”, frisou Contrera.

Para o gerente de fiscalização do CRQ XII, Adriano Ayres, o sistema eletrônico vai otimizar o trabalho dos  fiscais. “Os fiscais têm metas a cumprir e a digitalização dos relatórios irá agilizar as entregas, o que, automaticamente, aumenta a produtividade do setor”, relata.

Cada ação fiscalizatória gera um formulário de cinco páginas e o representante da empresa precisa assinar cada um delas, validando o documento. O sistema apresentado é simples e completo. “Nossa intenção é facilitar e modernizar o trabalho dos fiscais. No papel ficamos à mercê de variáveis que colocam o trabalho em risco, como o fato de a letra de um fiscal não ser compreendida por outros servidores do conselho”, destaca o conselheiro.

Cada regional é livre para aderir ou não ao processo eletrônico e escolher o sistema que irá utilizar.