Notícias

Discurso do presidente: “Sistema passa por momento desafiador”

Minhas senhoras e meus senhores,

Estamos honrando hoje mais um compromisso da nossa gestão no Conselho Federal de Química — o CFQ. Entregar a nova sede do Conselho Regional de Química da 1ª Região é motivo de grande alegria para todos nós. É, também, uma demonstração de como a união entre os entes que integram o Sistema CFQ-CRQ fortalece a nossa capacidade de ação.

O Conselho Federal de Química doou quase R$ 6 milhões ao CRQ de Pernambuco para a compra desta nova sede. Fizemos isso por meio de um convênio, assinado em 6 de novembro do ano passado por mim e pela presidente deste CRQ, a ativa, destemida e competente Sheylane Luz.

Em uma mostra da agilidade que queremos ver no Sistema, menos de nove meses se passaram e o compromisso que firmamos no papel já se tornou realidade. A partir de hoje, os colaboradores, os conselheiros regionais, a população e a comunidade da Química de Pernambuco contam com uma sede moderna, maior e mais bem localizada do que a anterior.

A conquista de um novo endereço era uma demanda justa, pois sabemos que a antiga unidade apresentava sérios problemas estruturais que causavam preocupação com a segurança dos funcionários do CRQ e do público em geral.

Agora, com as novas instalações e um ambiente mais apropriado, toda a equipe poderá desempenhar as suas funções com maior comodidade e satisfação. Presidente Sheylane, não tenho dúvidas de que veremos, em breve, esse avanço patrimonial se transformar em  sensível melhoria nos serviços do CRQ I.

Estamos demonstrando aqui a solidez do nosso compromisso de reestruturar o conselho federal e, par e passo, dar o necessário apoio à reestruturação dos CRQs. É um compromisso que vem das diretrizes que fixamos democraticamente no ano passado, por meio do Planejamento Estratégico e do Plano Plurianual do Sistema CFQ-CRQ.

De fato, a modernização da infraestrutura do Sistema CFQ-CRQ é um dos seis eixos do Plano Plurianual 2019-2021, pautado pelos conceitos de inovação e integração. Neste ano de 2019 temos conseguido avançar mais fortemente do campo das ideias à prática. Levados pela consciência do quanto somos importantes para o país e para a sociedade, temos feito uso da grandiosidade do Sistema para avançar e produzir com eficiência. Pediria licença a vocês para trazer o relato de uma iniciativa ilustrativa do caráter dessa gestão:

No início do mês, após longas negociações, assinamos um protocolo de intenções com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. O acordo permite a padronização das tarifas cobradas do Sistema CFQ-CRQ na emissão e liquidação dos boletos de anuidades. Na negociação, fizemos valer o peso do Sistema como cliente de grande porte desses serviços financeiros.

Os conselhos profissionais da Química reúnem mais de 230 mil profissionais inscritos, o que nos permitiu extrair condições muito mais vantajosas do que aquelas que seriam obtidas se cada CRQ as negociasse isoladamente. Desse modo, os bancos aceitaram um deságio de 52% na gestão dos boletos. A medida representará uma economia de R$ 2,5 milhões em cinco anos, numa estimativa bastante conservadora.

O acordo mostra como a aproximação das entidades pode fortalecer o poder de negociação na compra de produtos e serviços. E é exatamente de união e de força que eu os convido a falar agora. Vocês sabem tão bem quanto eu que o conjunto de nossas capacidades nos faz superar qualquer obstáculo. Não será diferente agora.

Temos perfeito entendimento de que as ações que estamos realizando são importantes, mas não suficientes. Investimentos em estrutura como este que realizamos aqui no Recife só serão plenamente justificados quando a sociedade efetivamente perceber que a melhoria se reverte nas ações finalísticas do sistema.

Passamos, amigos, por um momento desafiador em que estão dadas reais ameaças às atividades dos conselhos de fiscalização.

A PEC 108 de 2019, encaminhada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, ao Congresso Nacional, demonstra desconhecimento das atividades dos conselhos profissionais em geral, e do Conselho de Química em especial.

Prontamente, como é de conhecimento público, nos posicionamos contrariamente a esta emenda. Somos guardiães da segurança de 208 milhões de brasileiros no que diz respeito ao consumo de produtos e serviços de natureza química e, em momento algum, vamos aceitar a precarização de nossos serviços.

Outras ameaças ao Sistema CFQ-CRQ vêm sendo combatidas ao longo deste ano, essas de origem de deputados e senadores.

Resistimos bravamente, obtivemos sucesso em nossa empreitada até o momento especialmente porque temos a disposição de dialogar, explicar e orientar o parlamento que também desconhece nossa atividade.

A disposição deste presidente, e isso é sabido por todos, é sempre a de ter paciência e didatismo para esclarecer, mas isso em nenhuma medida significa que transigiremos. Vamos cumprir a missão institucional a qual fomos destinados, e nada nos fará ceder a esse chamado.

Por conhecer os profissionais da química e por conhecer o espírito inquieto do Sistema CFQ-CRQ, tenho total convicção de que sairemos deste momento ainda maiores e mais fortes.

As próximas ações internas do conselho terão como foco as atividades que melhor representam os motivos pelos quais existimos há 63 anos: normatização, orientação, fiscalização e julgamento, atividades em tudo relacionadas ao exercício profissional da química.

Amigos, ainda que a resistência e a defesa inegociável da qualidade dos serviços prestamos seja uma batalha constante, hoje é uma noite de festa. Contemplar Pernambuco no primeiro convênio de renovação de sede dos conselhos regionais é emblemático demais para que pensemos em outra coisa: de Recife é o anfitrião da noite, o CRQ número 1.

A nossa intenção é levar benefícios dessa ordem a outros CRQs, dando atenção às necessidades de cada ente regional. Tendo a integração e o fortalecimento do Sistema como mandamentos, vamos além no desenvolvimento dessas parcerias.

A ideia é desenvolver um pool de serviços compartilhados pelos conselhos que integram o nosso Sistema CFQ-CRQ. Queremos compartilhar serviços relevantes e que sirvam de apoio às atividades-fim dos nossos conselhos regionais. Com isso, haverá ganhos exponenciais para todos, visto que os conselhos poderão dedicar mais tempo e energia às tarefas que mais importam para a sociedade, a de qualificar a química.

Enviaremos a proposta relativa ao compartilhamento de serviços para contribuição dos CRQs e posterior apreciação e aprovação de nossa diretoria e plenária, mas temos convicção de que ela constitui importante ferramenta para a melhoria do sistema.

Unidos, somos mais fortes.

Vamos em frente, amigas e amigos.

Muito obrigado.