Notícias

Discurso de presidente do CFQ encerra Congresso de Química: “tivemos um choque de visibilidade”

No encerramento da 60ª edição do Congresso Brasileiro de Química, evento promovido pela Associação Brasileira de Química (ABQ), o destaque coube ao presidente do Conselho Federal de Química (CFQ), José de Ribamar Oliveira Filho. Ele fez uma apresentação falando do Sistema CFQ/CRQs, da evolução dos conselhos profissionais da Química ao longo das décadas e respondeu perguntas da audiência.

Oliveira Filho destacou as raízes do CFQ, as primeiras legislações em respeito aos profissionais da Química, ainda ligadas à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) da gestão Getúlio Vargas até que foi promulgada a Lei Mater dos Químicos, a 2.800/56, já com Juscelino Kubitschek. Disse que a criação do Sistema CFQ/CRQs foi resultado de um olhar atento das autoridades para o papel da Química para o então futuro do Brasil, às portas da industrialização.

Para presidente do CFQ, objetivo era “choque de visibilidade”

Em seguida, o presidente do CFQ assinalou a disposição de sua gestão, iniciada em 2018, em elevar a qualidade da administração. Para tanto, entre outros pontos, ele enfatizou que uma das tarefas foi transformar o Sistema CFQ/CRQs mais conhecido e acessível para a sociedade – o que só foi possível com atenção à comunicação social.

“A gente precisava era de um choque de visibilidade”, resumiu Oliveira Filho, que acrescentou que uma das causas que o mobilizam no momento é expor à população as possibilidades oferecidas pela Química em nome da sustentabilidade.

“Vamos crescer bastante, somos os pilares da sustentabilidade. Acho que devemos dar mais ênfase à Química Verde. A nossa casa é o planeta Terra, e temos de dar a nossa contribuição. Temos como resolver quase todos os problemas por meio da Química”, afirmou.

Ele destacou que a gestão atual se mobilizou pela integração total do Sistema CFQ/CRQs, em um movimento extensivo a todo universo de pessoas e instituições que fazem a Química no Brasil.

“Promovemos a integração entre presidentes de conselhos e coordenadores de cursos de Química de todo país. Apoiamos todas as iniciativas que envolvam a Química, como esta, do Congresso Brasileiro de Química, da Associação Brasileira de Química (ABQ) e as Olimpíadas Brasileiras de Química”, afirmou, adiantando a disposição de seguir apoiando a iniciativa do CBQ nos próximos anos.

Atenção ao profissional: auxílio ao empreendedorismo

Oliveira Filho apontou ainda iniciativas que prometem auxiliar diretamente os profissionais da Química que querem investir no seu talento para oferecer serviços de qualidade ao mercado consumidor, como o “Profissional da Química Empreendedor”, uma parceria entre o CFQ e o Sebrae para qualificar os profissionais sob o ponto de vista de gestão de negócios.

Uma das coordenadoras do CBQ, presidente da ABQ nos últimos dois anos e conselheira federal de Química, Silvana Calado agradeceu o apoio do Sistema CFQ/CRQs às instituições da área. Ela destacou que a atuação dos profissionais da Química durante a pandemia foi um marco para que a sociedade tivesse mais clareza do papel decisivo do segmento na vida de todos nós.

“Vimos (na pandemia) a importância de termos o CFQ integrado à sociedade. Tivemos uma grande contribuição, seja atenção às fake news, seja no reforço da importância dos profissionais. Química é vida, e isso está cada vez mais claro”, afirmou.