Notícias

CRQ VII participa de debate sobre o derramamento de óleo no litoral

O Conselho Regional de Química da 7ª Região participou, na última quinta-feira (28), de um debate técnico sobre o vazamento de petróleo cru que atingiu mais de dois mil quilômetros do litoral das regiões Nordeste e Sudeste. Realizado no Espaço Colabore Parque da Cidade, em Salvador (BA), o evento teve como debatedores o gerente da Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Estado do Ceará, Gustavo Gurgel, e a diretora do Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Olívia Oliveira.

Foram discutidos diversos temas relacionados ao derramamento de petróleo, registrado pela primeira vez em 30 de agosto deste ano, na costa da Paraíba. Os debatedores expuseram dados atualizados sobre a quantidade de óleo, o número de municípios afetados, a população envolvida e as consequências sociais, econômicas e de saúde em toda a região. O debate abordou ainda as possíveis origens do desastre ambiental, as medidas emergenciais e mitigadoras adotadas para minimizar os impactos e, principalmente, as pesquisas e os estudos laboratoriais feitos para caracterização do tipo de óleo encontrado.

“Este encontro foi de extrema importância, pois tomamos conhecimento das pesquisas que estão sendo feitas pelos órgãos envolvidos e a abrangência do desastre”, declarou o presidente do Conselho, Antônio Cesar de Macedo Silva. A Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Estado do Ceará apresentou seus grupos de trabalho que vêm monitorando os dados obtidos por órgãos ambientais. Com agendas próprias, os GTs de Balneabilidade; de Monitoramento do Pescado Capturado; da Saúde; e o Social dão insumos aos gestores para traçarem políticas públicas e soluções para as populações afetadas pelo vazamento.

De acordo com o monitoramento realizado pelo Ibama, já são 506 praias atingidas desde o dia 30/08. Dessas, 26 apresentaram mais de 10% de contaminação. As restantes tiveram vestígios/esparsos de manchas. Os estados mais atingidos foram Bahia (218 praias), Espírito Santo (80 praias), Sergipe (78 praias), Alagoas (63 praias) e Pernambuco (22 praias).

O CRQ VII participou do evento a convite da empresa Merieux Science. A entidade baiana foi representada pelo seu presidente, Antônio César de Macedo Silva, acompanhado pelo diretor Institucional, Djalma Nunes, e pelocoordenador da Fiscalização, Antônio Raimundo Alves de Jesus.