Notícias

Sistema CFQ/CRQs participa de reunião da Frente Parlamentar da Química

A pauta foi a discussão da medida provisória n.°1034/2021 – proposta do governo federal que extingue o Regime Especial da Indústria Química (REIQ). O REIQ existe desde 2013 e se trata de medida de desoneração de PIS/COFINS sobre a indústria química de 1ª e 2ª gerações, responsável pela produção de matérias-primas para os demais elos da cadeia produtiva.

“Nessa reunião, que foi bem produtiva, alinhamos com o presidente da FPQ, deputado Afonso Motta (RS), e demais parlamentares a retirada dos artigos que afetam a indústria.”, afirmou Almada, que também é coordenador do Comitê de Relações Institucionais e Governamentais (CRIG) do Sistema CFQ/CRQs.

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), o fim do REIQ ameaça o fechamento de até 80 mil postos de emprego no país. Os impactos são estimados em R$ 7,5 bilhões em produção e em R$ 2,5 bilhões de valor adicionado. E as consequências viriam também para a população, já que produtos de consumo quotidiano, como saneantes e artigos de higiene pessoal, terão seus preços majorados e seu uso dificultado por conta da elevação dos tributos.

Em virtude da gravidade da situação e da importância da indústria química no cenário econômico do País, a atuação da FPQ é essencial e o presidente da Frente se reunirá com o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Arthur Lira (AL), a fim de mobilizar o Congresso sobre a importância dos impactos dessa medida na indústria e, consequentemente, para a sociedade.

Créditos: CRQ III – Jornalista Floriano Rodrigues