Notícias

Alunos podem estudar Química para Enem de forma gratuita

Pensando na preparação para a prova, professores se mobilizam para garantir acesso às aulas pela internet

 

Em meio à pandemia do novo coronavírus e com a consequente suspensão das aulas em todo o país, milhares de alunos que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) enfrentam sérias dificuldades para estudar. Pensando em levar conteúdo de qualidade para esses estudantes, professores de diferentes regiões se mobilizam para ajudar esses alunos a estudar. Um deles é o Hélson Ricardo, professor de Química no Maranhão. Ele está movimentando uma grande rede para oferecer o curso de Química preparatório para o Enem a distância e totalmente gratuito.

Hélson dá aulas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA). Ele conta que a ideia é oferecer conteúdo de qualidade para que os alunos se preparem para o exame. “Em tempos de pandemia, devemos ajudar uns aos outros de alguma forma. E o Enem é uma grande porta de entrada e pode ser definitivo na ascensão de uma pessoa. Não podemos deixar que mais uma dificuldade se abata sobre esses alunos”.

Ele conseguiu reunir 47 professores de Química espalhados em vários estados para compor o curso. Os alunos poderão assistir às aulas com conteúdo referente aos três anos do ensino médio, divididos por temáticas. “Foram convidados professores da rede pública federal, renomados em suas instituições, todos eles especialistas, mestres e doutores. Tudo isso com o intuito de desenvolvermos o melhor material para nossos alunos”.

O curso ficará disponível até o Enem. Hélson espera ter cerca de 30 mil alunos participando. As aulas terão início a partir do dia 18 de junho. Quem tiver interesse é só acessar o site https://www.quimica24horas.com.br/.

 

Exemplo de proatividade

E também vem do Maranhão outro exemplo de proatividade. Rogério Teles é conselheiro do Conselho Regional de Química da 11ª Região (CRQ XI) e professor no IFMA. Ele criou um canal em uma plataforma de vídeos para dar aulas de Química a distância durante o período de isolamento social. “A ideia é continuar fornecendo conteúdo gratuito aos estudantes mesmo na quarentena, para não deixar que eles diminuam o ritmo de estudos”, explica.

A iniciativa surgiu a partir de um projeto de extensão que precisou ser adiado por conta da pandemia. Foi quando ele teve a ideia de, de casa mesmo, criar o canal “Química é Fácil – Prof. Rogério Teles”. Assim, é possível levar conteúdos aos seus alunos – e a outros estudantes que estão sem aulas. O conteúdo é totalmente gratuito. As aulas são destinadas a estudantes do ensino médio e graduação.

Qualquer pessoa pode acessar, curtir, comentar os vídeos e mandar suas dúvidas. Além do YouTube, o professor também tem este perfil no Instagram: @rogeriomteles. “Solicitamos que as pessoas se inscrevam no canal, porque isso é importante para a manutenção e fortalecimento do projeto”, explica o professor.

 

Aulas abertas à comunidade

Quem também está se dedicando a oferecer conteúdo online aos alunos é a professora Régia Cristina Marra. Ela dá aulas para alunos de uma escola pública no Riacho Fundo 2, cidade que fica a 25 km de Brasília. Com as aulas suspensas, ela decidiu reunir os alunos virtualmente para reforçar o conteúdo para o Enem. Além disso, divulga nas redes sociais para que outros estudantes possam participar das aulas.

“O legal dessas aulas é que podemos interagir. Assim, os alunos podem tirar dúvidas, conversar. Percebo que muitos estão precisando de conteúdo, de ajuda para se preparar, mas também estão carentes de apoio emocional. É uma fase difícil e estudar sozinho não é nada fácil. Então, é uma contribuição para que possam se preparar melhor para a prova”.

Quem quiser acompanhar as aulas da professora Régia é só ficar de olho no Instagram @regiamarra. Lá, ela divulga as temáticas das aulas e o link para a reunião virtual.

 

Ouça o Quimcast com o professor Helson Ricardo.