Notícias

Abertas as inscrições para a Olimpíada Sergipana de Química

Estão abertas as inscrições para a 14ª Olimpíada Sergipana de Química, a OSEQUIM. Podem participar os estudantes regularmente matriculados nas redes privada e pública municipal, estadual e federal. Para isso, os alunos precisam do apoio de um professor ou representante escolar para efetivar a inscrição, por meio do site osequim.qmagico.com.br , até o dia 20 de agosto. A inscrição é gratuita.

A OSEQUIM terá uma prova de fase única, constituída de 25 questões, sendo 20 de múltipla escolha e cinco abertas.  As questões abertas poderão ter respostas numéricas ou serem dissertativas. Os competidores estarão divididos em três modalidades (A, B e C), de acordo com a série em que estudam, e os 56 alunos de melhor rendimento serão automaticamente classificados para a Olimpíada Brasileira de Química (OBQ) 2021, que será realizada em 25 de setembro. Os 50 alunos de melhor rendimento nas modalidades A e B serão automaticamente classificados para a Olimpíada Norte/Nordeste de Química (ONNEQ) 2022, que será realizada em maio de 2022.

O coordenador da OSEQUIM, professor Dr. André Luís Bacelar Silva Barreiros, afirma que as provas serão realizadas de forma remota. Para ele, o estudante que participa de um certame como este amplia o cenário de possibilidade futuras. “A Olimpíada de Química testa os conhecimentos do aluno de maneira mais avançada, além de testar as habilidades lógicas e de raciocínio. Os alunos melhor classificados participam das etapas nacionais como a OBQ – a Olimpíada Brasileira de Química e a ONNEQ – a Olimpíada Norte Nordeste de Química. Algumas universidades, como a USP,  já aceitam medalhistas de ouro olímpicos sem necessidade de ENEM ou Vestibular. Enfim, as Olimpíadas de Química contribuem para uma melhor formação dos alunos”.

Sobre as Olimpíadas

A Olimpíada Sergipana de Química faz parte do Programa Nacional de Olimpíadas de Química. Em Sergipe, é coordenada pelo Departamento de Química da Universidade Federal de Sergipe.

O objetivo é promover o interesse e aprendizado em Ciências, especialmente, na área da Química. Afinal, ao estimular a competição, os estudantes podem aplicar seus conhecimentos e suas habilidades em um espírito esportivo, proporcionando oportunidades para que sejam revelados talentos na área de Ciências – preferencialmente, da Química.  Assim, o que antes era um entretenimento, pode, muito bem,  incentivar novos profissionais da área, seja em cursos de graduação e pós-graduação, como também na formação de docentes e pesquisadores na área.

A OSEQUIM tem o apoio dos Departamentos de Química da Universidade Federal do Sergipe (UFS) campus São Cristóvão e Itabaiana. Os recursos financeiros são da FAPITEC, por meio do Edital de Apoio a Olimpíadas e Divulgação de Ciências.